sexta-feira, 24 de outubro de 2014

o olhar...


oque todo mundo precisa?
um olhar que acolha
nossa esquisitice
nossas manias
nossos medos
um olhar que ilumine
nossos escuros
e nos garanta
que mais adiante
o caminho segue
e saberemos seguir
como soubemos
andar sem sermos segurados
pedalar sem bandear pros lados

oque todo mundo precisa
é da permanência do olhar
doce
que nos amamentou
e deu colo
como uma certeza
que nem sempre nos alcança
de que ali estaremos seguros
e que a nossa fragilidade
não será contra nós usada

O que todo mundo precisa

é de um amor, como o primeiro
que nos deu útero, alimento
espaço pra crescer
tempo para ser
e depois de
um parto abrupto
nos deu no olhar/peito
sossego
capaz de alimentar
nossa fome, de segurança

mesmo sabendo
desde o primeiro abrupto
que a vida é susto
e impermanência
a gente precisa amar

sem nenhuma garantia
e todas as esperanças
...
quem te ama
te autoriza
a ser
quem se ama
se autoriza
a ser...
 

Talvez virar adulto 
seja incorporar o olhar, 
se auto-olhar 
 com aquela doçura... 
 
E isso, o que dificulte tudo ...

Nenhum comentário: