sexta-feira, 6 de junho de 2014

Maria Bethania, me interpreta há anos, está lançando Meus quintais e mais uma vez, me fala de mim :)

Falando do novo CD ela diz : “A infância é o broto de tudo”, reconhece ela, que diz ter tido “a felicidade de uma linda família, com oito irmãos e muitos primos em companhia dos quais curtiu a infância, com direito a “educação muito boa, em escola pública, rigorosa, e muito amor”.

“Meus pais se amaram muito. Isto era nítido entre eles”, admite a cantora, cuja infância “era festa o tempo todo”. “A infância pode, sim, construir a pessoa”, diz Maria Bethânia, que pôde desfrutar de muita música em uma das principais fases da vida, conforme reflete agora em Meus quintais.

“Acho o quintal o melhor lugar do mundo, onde aprendi absolutamente tudo, com a característica liberdade do espaço”. “O quintal é família, sexo, agasalho. Tudo começa ali”...

Essa leitura me leva de volta as tardes quentes de Itaqui, de silêncios para não atrapalhar a sesta dos adultos, nem ser descoberta e levada pelo homem do saco, essa lembrança que cheira a bolo de barro e tem a maciez de nuvens que resgatavam por horas meus olhos e ficavam ali se exibindo a construir imagens.

Fui solitária no meu pátio, mas fui dona e sei como ela, que a infância é mesmo o broto de tudo.

http://eusounadialopes.blogspot.com.br/2011/06/patio.html


Nenhum comentário: