terça-feira, 6 de agosto de 2013

meu véio...um exemplo, uma saudade

Em tempo de homenagem ACORDEI LEMBRANDO MUITO O MEU VÉIO, ainda bem que eu tive a sorte de ser filha dele e ter assim muita matéria- prima pra curtir essa saudade!


Meu pai foi sempre um GRANDE CARA: ético, verdadeiro, justo, extremamente carinhoso, super brincalhão e cabeça aberta. Gostava de gente e tratava igualmente os bem simples e suas golas puídas e os endinheirados que o procuravam no banco, por que gostava mesmo de gente, e admirava os diretos e verdadeiros, nunca teve saco para hierarquias e hipocrisias.
Sempre ajudou muita gente, silenciosamente, que alma boa, não precisa mesmo de alarde.
um exemplo e uma saudade deliciosa

Lembro que quando me aconselhava, não tinha o ranço de estar dando as regras, nem de ter toda a experiência inquestionável do mundo, dizia com o coração e isso, sempre fez toda a diferença, gostava de saber o que ele pensava, mesmo quando queria fazer o contrario, o que invariavelmente fazia, mas nunca me disse ( as tantas vezes que me quebrei ao não ouvi-lo) aquela desgraça de: "eu te avisei", nem a outra frase odiosa: " enquanto estiver nesse casa, tem que fazer o que eu mandar", meu pai e minha mãe foram ótimos nisso, nos educaram direitinho e não precisaram mandar...

Meu pai foi sempre um grande contador de historias,
eu gostava de ouvir suas historias e as piadas que contava, sem rir, impressionante :)
Um gozador dos melhores e irônico na medida certa.



 Com certeza o homem mais cheiroso que eu conheci na vida, deixava um rastro de perfume no corredor quando passava (e sempre usava os melhores), ah sim meu pai era vaidoso, adorava roupas e carro novo, dizia assim: Acho que vou trocar, esse daqui não tem mais cheiro de carro novo...ahahah

Ao final como vô da Alice até de boneca brincava e o amor era lindo de ver, brilhava entre os dois!

Saudade do meu véio cheiroso de abraço e coração grande, no dia 12 de agosto ele estaria de aniversário e como sempre foi o melhor pai do mundo, de presente terá meu AMOR ETERNO!

Nenhum comentário: