terça-feira, 14 de junho de 2011

Um grito necessário!

Hoje com uma certa dor no peito, resolvi procurar uma emergência, no Mae de Deus. Ficaria umas 3 hs pra receber a avaliação de um clinico, desisti... Procurei o instituto do coração , que por possuir convênio me possibilitou um atendimento um pouquinho mais rápido, com direito a eletrocardiograma e avaliação de um especialista, conclusão: sou uma afortunada e tudo bem com meu coração ... Mas se fosse um problema cardíaco realmente e eu dependesse do SUS??? Triste pais onde educação e saúde não são prioridade máxima. Os gritos de protesto há anos atrás  pediam: Arroz, feijão, saúde, educação ... Acho que precisamos continuar GRITANDO!!!

Um comentário:

O Mimeógrafo Pisca-Pisca disse...

Amiga gemea, ainda bem que não foi nada. Coração como o seu não poderia doer nunca, por força de lei.
Mas aqui em BH tenho preferido a rede pública aos convênios. Mais presteza, agilidade e compromisso. Nem sei de quem são os méritos... talvez dos próprios médicos, mais compromissados com seu juramento que com suas carteiras (e ainda tem médico convenio-cooperados negando atendimento aqui... putz!)
Mas, vamos as coisas da alma... pelo menos uma certeza dor de coração dói no braço, dores no peito... ah, essas só podem ser de poesia das bravas(maluquices dessa máquina doidivana).