quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Exercitando a gentileza

Seja gentil. Faça com os outros aquilo que você gostaria que fizessem a você. Exercite ao máximo a sua capacidade de compreensão, de gentileza, conquiste as pessoas com atos singelos. Tudo o que você precisa, neste momento, não é pedir amor. É dar este amor, sem criar expectativas de retorno. É quando você parar de cobrar que receberá tudo o que almeja. Você sofrerá testes, no que diz respeito à capacidade de agir de forma compreensiva e gentil. Tente resistir à tentação de pôr pra fora agressividade e grosseria. O uso da palavra delicada, neste momento, faz toda a diferença!
Gentileza gera gentileza...
fonte- www.personare.com.br

2 comentários:

Anita Félix disse...

É sempre bom, voltar quase por acidente ao teu blog e encontrar um post deste.... faz o dia ficar mais bonito!
Beijos!

claudionicotti disse...

a gentileza é ferramenta para a vida gostosa. Ser cavalheiro, de há muito prego para os homens da minha clã, é uma delícia. faz bem para a saúde. E, deveras importante, carrega a atmosfera de um charme 'caliente' e sedutor. gera sorrisos desarma os espíritos. O Gentil Homem de Proust. Teu texto me fez lembrar desse meu pensamento. valeu! Cláudio Eduardo Jaeger Nicotti