terça-feira, 22 de junho de 2010

O P se foi...

Já perdi muita gente, ou melhor seria dizer, já convivi com muita gente,já amei muita gente que não está mais perto,não está mais aqui... já senti diversas vezes essa dor de nunca mais...Nunca mais aquele abraço, nunca mais olho no olho, nunca mais a voz, o conselho, nunca mais a presença física...
Hoje foi o P, em outubro foi meu pai, ontem o Saramago, é natural as pessoas passarem e marcarem a nossa vida, como é natural que sigam...
Mas hoje, assim como todas as vezes que a morte me chega perto, voltei a perceber e espero não esquecer, que é realmente preciso viver no agora!
Abandonar os planos pra 2012, a viagem pro final do ano, NY com neve, Paris daqui há dois anos, o pedido de desculpa e tudo isso que a gente bestamente coloca lá adiante sem nenhuma garantia de concretizar...Por que DECIDIDAMENTE O FUTURO NÃO EXISTE!
Não preciso perder mais alguém para enfim me focar no hoje, na desculpa do momento, na palavra e no abraço enquanto as pessoas importantes estão perto de nós, ao alcance! Enquanto a vida acontece...
Que o P esteja na luz e que a gente saiba aproveitar a vida, vivendo-a plenamente, sem projeções e desculpas...

Nenhum comentário: