sábado, 5 de junho de 2010

ando sem rima...

É assim, de tempos em tempos, um silêncio bem paralisante me abate e eu quase esqueço que um dia as palavras me saiam fácil e as rimas faziam sentido.
...tenho vivido assim silenciosa e atenta, ouvindo, lendo os outros e comentando o que me bate, na falta de outros sentidos, lanço aqui um pedacinho do que eu sinto e encontrei nos comentários do Clube do Bem:
...ao ingerirmos são girinos, mas viram sapo lá dentro, não saem e consomem vida coachando nossa incapacidade de colocá-los pra fora...

É bem provavel que eu esteja com alguma lagoa por dentro(lotada), me impedindo palavra...

Nenhum comentário: