quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Jucunditas...

Eu participo da Jucunditas no Orkut, uma comunidade maravilhosa de poesia, e digo maravilhosa por que lá, descobri e li poetas ótimos e até então desconhecidos para mim, sou muito grata ao Lodi, grande poeta , mineiro e menino que a criou e a Akemi, linda que continua o trabalho e acaba de me lembrar de duas preciosidades de lá:

ANÚNCIO - VENDO de Cláudia Schroeder

Vendo uma cama grande demais
alguns cabides nus
duas gavetas vazias
um copo com hálito
e tres cobertas frias.

Vendo um cinzeiro com baganas
umas gravatas bacanas
um travesseiro de penas
meu eu entre as pernas.

Vendo a copia da chave
um shampoo pela metade
um velho aparelho de barbear
e ganhe grátis o meu ar.

Vendo uma escova de dentes usada
e um creme dental apertado no meio.
Vendo os meus dois seios
e minha camisola rendada.

Vendo um criado-mudo
cheio de fotos deixadas.
vendo meu album de casamento
da lua-de-mel
e de noites estreladas.

Vendo o meu coração em pedaços
meu corpo aos trapos
minha boca beijada.

Vendo tudo o que foi
tudo o que está.
Vendo quase nada.

.....

VENDO
de Everton Behenck

Dois olhos gastos
Um pedaço de sonho
Velho mas intacto
Vendo fatos leves
E uma lágrima santa

Raridade

Vendo uma saudade
Grande
E um sorriso torto
Caiu no chão

Pequeno acidente

Vendo
Duas mãos espalmadas
Feias de dureza
Mas ainda sensíveis ao toque
De um rosto

Vendo
Dois lábios calados
Com um pequeno defeito
Só se abrem para beijos verdadeiros

Vendo um coração sem jeito
Um pouco antigo
Fora de compasso
Em pedaços
Mas com belos traços de carinho
A quem se interessar
O amor vem junto
A quem jurar paixão,
Alugo

E para quem conseguir juntar as partes
O coração é grátis

Nenhum comentário: