quarta-feira, 9 de setembro de 2009

andando pelo sertão...

video

Ah,..andei no sertão com meu amor e voltei enlouquecida com esse tempo que já não temos, com a falta da qualidade na nossa vida, com a falta de paz com a qual vivemos, com a falta de sentido que nos habituamos a manter como se fosse normal: correr, sorrir amarelo, engolir em seco, digerir sapos,aguentando, aguentando... Voltei feliz pela oportunidade de sentir simplesmente e triste ao constatar a falta de gentileza nos nossos dias por aqui e com essa corrida sem fim que até cronometra carinhos.... ô, vidinha burra! A vida lá no sertão não tem a aridez que eu ignorante supunha, a vida lá é o que merece ser chamada de vida...Simples, real e gostosa!
Piranhas - Alagoas

Voltei com uma vontade danada de ter em algum tempo uma vida assim: fértil, iluminada e limpa...geradora de energia, como aquela que respirei nas margens do velho Chico... "Nas margens do São Francisco nasceu a beleza.E a natureza ela conservou..." "Eu queria ter na vida simplesmente, um lugar de mato verde pra plantar e pra colher, ter uma casinha branca de varanda, um quintal e uma janela para ver o sol(e a lua) nascer"...
Palmeira do Indios- Casa-museu de Graciliano Ramos
"Sem rádio e sem notícias das terras civilizadas"...

Nenhum comentário: