quarta-feira, 15 de julho de 2009

antes de falar com a minha gerente...

Naquela ante-sala de banco eles me chamaram atenção, arrumados e cheirosos como se fosse domingo e passeassem em San Sebastian...
Em dois segundos puxei assunto, por que tenho essa curisidade pelas vidas e as histórias alheias...Pergunto se esperam há muito tempo ambos sorridentes dizem que não e que o café está gostoso...Sinto um sotaque espanhol nas palavras dela e logo atiro no meu portunhol:"Donde es usted?" ..."Soy daqui, há 46 anos!" Me responde rápido. O marido me explica:Trouxe ela do Chile, me apaixonei"...
E assim puseram mais lenha na fogueira das minhas curiosidades, as histórias de amor me encantam ainda mais, principalmente quando os protagonistas apesar do tempo e das rugas, andam de mãos dadas e sorriem cúmplices.
Eram três irmãos nascidos na Grécia, de lá fugiram ainda jovens, um foi parar no Chile, outro na Argentina, outro no Brasil. Constituiram famílias todos os três e perderam o contato, outros tempos, sem internet, google, nem telefone...
Se reencontraram em Buenos Aires, graças a um anuncio numa revista de grande circulação na America do sul, fulano de tal procura por seus irmãos, deu certo!...
E lá estavam os três reunidos,contando façanhas e trocando fotografias de suas bem formadas famílias.
O primo do Brasil achou muito bonita a prima chilena, que por sua vez achou "muy guapo" o primo brasileiro...Trocaram cartas, muitas, se conheceram pessoalmente, se apaixonaram perdidamente, casaram..tiveram filhos, netos, bisnetos e me contam sorridentes essa história de amor!
Adoro conhecer gente e se meus olhos tirassem fotografia, sonho antigo meu, vocês poderiam também ver e ficar felizes como eu, com o brilho daqueles dois...

Nenhum comentário: