sábado, 27 de junho de 2009

não perca seu sorriso...

Recebo pelo correio, num envelope vermelho, poesia de presente:
"Conserve o seu bem mais precioso
o sorriso espontâneo
que os seus lábios de criança outrora vicejavam

Você não lembra
mas era nesse sorriso
que as estrelas do céu cintilavam

Era nele que esvoaçavam
borboletas azuis e libélulas
verde-cintilantes

No seu sorriso cruzavam arco-íris
e pássaros em revoada

Não perca o seu sorriso imotivado
sem causa, sem ter porquê

Lembre-se que o universo inteiro
é o seu coração".
(Enio Burgos)

Nenhum comentário: