terça-feira, 28 de abril de 2009

fome de crenças...

Meu amigo Idésio foi pra longe, em tempos onde a comunicação se dá de outras formas, "falamos" on line, nos visitamos solidões, compartilhamos insônias, tristezas e alegrias... Nossas longas conversas de MSN vez ou outra me parecem poesia...como essa:

fome de crenças
que a leveza nos retorne em forma de bandeira e luta
sejam de arco-iris ou brancas
as bandeiras são sempre lindas e vivas ao vento
ADORO BANDEIRAS
DE PAZ
adoro crenças que hasteiam bandeiras também
ESTAMOS SEMPRE LEVANTANDO UMA... É UMA ETERNA PRONTIDÃO RENTE AOS MASTROS.
essas palavras de tanta grandeza
prontidão, compaixão,
precisamos sentidos e grandezas
INUNDAR NELAS.
FOME DE PREENCHER ESPAÇOS.
CADA CANTO.
CADA FRESTA... COISA LOCA
viver bem
é não se contentar com pouco
não ser girino feliz em poça d'agua
ROGO INUNDAÇÕES E PLENITUDES
E ventos com nossas mãos firmes
A segurar bandeiras...

saudade de ter crenças e conversas de perto!
Foto: www.flickr.com/...lisboaqueamanhece

Nenhum comentário: