sábado, 27 de dezembro de 2008

de novo....

de novo
um ano novo
e eu nem envelheci
direito
esse de agora

alguma flor renasce
um cheiro toma conta
do agora
uma preguiça
uma promessa
tudo aflora

novo fogo
pra aquecer
o banho-maria
das esperanças
de sempre

tudo pela frente
de novo, de novo, de novo

(minha alma feito um "teletubies lilás" não cansa de acreditar e infantilmente celebrar!)

Um comentário:

darcy disse...

Oi Nádia
eu darcy te deixando um abraço bem forte e um ano novo que não te envelheça e que tudo floreça em sua volta.
beijo grande
eu