sábado, 21 de junho de 2008

Freud e eu, jovens...

Encontro um Freud jovem e inspirado no livro " Quando Nietzsche chorou"...e lembro quando eu também jovem, fazia poesia:

sei as regras
sei os erros
os pontos onde emperra
sei a forma
sei os medos
sei de freud
e outros mais
sei que posso
sei que sei
mas na hora
tranca o gesto
a palavra esvazia
se havia lágrima, seca
e eu já nem sei, se sabia.

e todos nós, choramos, rimos e crescemos...e crescer é não negar mais o que já se viu e se sabe, crescer é fazer escolhas...

Nenhum comentário: